Lagoas

Na zona central da ilha, as Sete Lagoas rodeadas de flores; Lagoa Funda, Branca, Seca, Rasa, Comprida, Lomba, e Negra constituem locais de rara beleza.

Rocha dos bordões

É o ex-libris de toda a ilha, um imponente morro originado por um curioso fenómeno geológico que solidificou em altas estrias verticais.

Poço da Ribeira do Ferreiro

Local de extrema beleza natural, um local quase virgem onde o silêncio impera. Vale a pena uma visita. A lagoa formada pelas quedas de água é conhecido como Poço da Alagoinha ou Lagoa das Patas .

Poço do bacalhau

Esta cascata, situada na Fajã Grande, tem aproximadamente 90 metros de altura. As suas águas rasgam a pedra e despenham-se formando uma lagoa natural, que convida a um mergulho.

Gruta dos enxaréus

É uma enorme cavidade vulcânica á beira mar, com 50 metros de cumprido e 25 metros de largura entre Santa Cruz e Caveira. Constitui um dos pontos mais atrativos da ilha mas apenas é acessível por mar.

Ilhéu do Monchique

O ilhéu do Monchique é o ponto terrestre mais ocidental da Europa e durante muitos anos foi utilizado pelos navegadores para acertarem rumo.

Museu da baleia

A fábrica da Baleia é uma das edificações mas importantes da arquitectura baleeira, mandada construir para o aproveitamento do óleo de baleia, que foi a primeira grande indústria florentina, bem como uma das actividades económicas que mais beneficiou a população local.